Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Escolas Montessori

Acho meio difícil falar de escolas montessorianas no Brasil, não por preconceito e sim por falta de experiência e si.Onde moramos não tem escolas genuinamente montessorianas, existem algumas com práticas aproximadas mas que jamais estarão 100% dentro da proposta do método.
Assim como eu, muitas mães encontram o mesmo problema na hora de buscar uma escola, encontrei a solução que se enquadrava em todos os nossos quesitos em particular, o homeschooling.
O homeschooling ainda é uma polêmica no Brasil mas trata-se do ato de educar os filhos em casa, com o método tradicional ou seguindo um programa personalizado.Ah!Mas é ilegal!Não, não é.Existem brechas na nossa constituição que permitem SIM o ensino em casa, porém a maior parte dos legisladores vêem o ensino em casa com maus olhos, os olhos do preconceito, de achar que os pais serão incapazes de fornecerem aos filhos os "benefícios" de uma escola.
Acredito que só quem já sofreu bullying na escola por ser pobre, nerd, negro, ma…

Cama Compartilhada

Muitas pessoas têm dúvidas a respeito de como os recém nascidos dormem na cama chão com uma mãe no puerpério, tendo que se abaixar e levantar várias vezes durante a noite e o dia.
Nunca encontrei uma referência de Maria Montessori sobre a cama compartilhada (se alguém tiver esta informação, por gentileza compartilhe), porém, através do estudo do método, de suas convicções a respeito do afeto e segurança naturalmente subentende-se que o melhor lugar para um recém nascido dormir é próximo à mãe.

Minhas considerações aqui se baseiam em minha experiência.Deixo bem claro que, cada família tem sua opção e que todas devem ser respeitadas.
A Cissa nasceu prematura de 7 meses, de parto cesário e no inverno, ou seja, todos os fatores colaboraram para a escolha da cama compartilhada.

Cama compartilhada não signigica que o bebê dormirá com os pais na mesma cama desde o primeiro dia, pode-se utilizar um moisés, nest ou um daqueles mini berços acoplados (vide imagem abaixo) nos primeiros meses e de…

Livre para voar

Gosto de comparar este momento (andar de bicicleta sem rodinhas pela primeira vez) à uma borboleta saindo do casulo, abrindo as asas e se lançando no ar pronta para alçar voo.
Me lembro de minha primeira vez na bicicleta sem rodinhas, a sensação de insegurança, o medo de me machucar, a adrenalina fazendo com que minhas veias pulsassem numa velocidade descomunal.Naquele momento não existia o mundo ao meu redor, e depois de inúmeras tentativas frustadas consegui dar minhas primeiras pedaladas desajeitadas.
Com a Cissa não foi diferente, mas com ela pude incluir o incentivo, confiança e aquele famoso empurrãozinho no selim - suporte que não recebi dos meus pais - e que, na minha humilde opinião, fizeram toda a diferença.
Foi como no dia em que a deixei ir ao mercadinho do bairro sozinha; eu estava na esquina espiando, mas para ela foi o maior empoderamento de liberdade e independência que uma criança de 5 anos pode ter.
Libertar não é negligenciar, nem ser a pior mãe do mundo.Libertar é…

A Disciplina (do meu ponto de vista)

Hoje pela manhã precisamos aparar as arestas, afinal, liberdade é uma moeda com duas caras.
Confesso que para mim disciplinar é um tanto quanto complicado.Sabe aquela tarefa que você sabe que precisa fazer mas adoraria não ter de fazê-la?
O tema da conversa hoje foi a falta de responsabilidade com os brinquedos.A Cecília anda meio irresponsável com os brinquedos, leva para passeios e perde, esquece na casa de alguém, deixa em qualquer canto da casa e, hoje senti que era o momento certo para falar sobre o assunto depois que ela pediu para eu procurar uma boneca que eu sei que ela esqueceu na casa da avó.
Tento não ser dura demais, nem flexível demais, procuro não falar muito, ser objetiva e ouvir o ponto de vista dela.
O que pesa mais para a Cissa é a sensação de ter me desapontado, não a incentivo a fazer nada com o objetivo de tão somente me agradar, mas sim para que entenda que sua felicidade e suas conquistas me deixam feliz também.Este é o objetivo, se sentir bem e feliz.
Felicid…

Dicas de Lanches Saudáveis 4

Iscas de tilápia empanadas (feito por mim)
Molho rosê
Uvas
Mexerica

Dicas de Lanches Saudáveis 3

Milho cozido
Ovo cozido 
Magic Toast integral*
Melancia


*Magic Toast é aquela torrada/biscoito da Marilan.Super fácil de encontrar nos supermercados comuns.

Dicas de Lanches Saudáveis 2

Tomates uva
Manga em cubos
Sanduiche de pão integral com cream cheese e peito de peru
Sticks de trigo (palitinhos)

Este lanche é para um dia de verão, mesmo sendo o início do outono no Brasil ainda temos dias de temperaturas altíssimas.O sudeste é privilegiado com fortes chuvas no final da tarde e uma alimentação leve e rica em frutas e saladas colabora para manter a hidratação das crianças.
Os potinhos acima são da Renner e foram um verdadeiro achado, fofos e práticos.A única parte chata é que as tampas não travam, portanto, não se pode virar a lancheira.

Dicas de Lanches Saudáveis 1

Rap 10 de frango grelhado, tomate, alface e requeijão
Iogurte (de preferência sem corantes artificiais)
6 Castanhas de caju sem sal


Começando a série de opções de lanches saudáveis para escola, passeios e o lanche da tarde em casa também.
Neste lanche podemos substituir o recheio do Rap 10 por peito de peru, homus, tofu (para veganos), abacate com presunto de parma e muitas outras sugestões.
As castanhas podem ser substituídas por nozes, amêndoas, amendoim, pistache ou uma mistura de todos eles (não exagere na quantidade).
O iogurte pode ser substituído por uma fatia média de queijo branco, não se esquecendo de refrigerar com gelox, ou polenguinho ou Yakult.
A única regra é ter bom senso, afinal, nem todas as crianças comem de tudo e os gostos da criança devem ser respeitados.Se você odeia jiló, você não se serve de jiló no jantar, certo?Pense no seu filho como um indivíduo.

Caça aos Ovos - Páscoa 2016

A caça aos ovos deste ano foi no Parque Buenos Aires São Paulo, após a igreja fizemos um piquenique no parque e os ovinhos foram "escondidos" para a caçadora Cecília.
Para quem não sabe, a pequena é alérgica a chocolate, o que nos deixa apenas com a opção dos ovinhos com balas e adesivos dentro.Estes ovinhos coloridos foram comprados nos EUA, não sei se são vendidos por aqui (talvez na 25 de Março).
O resultado foi uma tarde maravilhosa e fresca de outono fazendo o que mais sabemos, nos divertir!

Eu cresci!

A Volta Dos Que Não Foram

Olá mamães, papais e educadores montessori!

Após um longo período sabático temos o prazer de anunciar que este humilde blog voltará à ativa! (Yeeeeeeeyyyyyy!)
Retornaremos com tudo!Novos conteúdos, ideias, DYI e atividades, sempre ligados ao tema inicialmente proposto, porém, adaptados para a fase em que a Cissa está agora (5 anos e 9 meses).
Esperamos que gostem desta nova fase, compartilhem suas experiências conosco e mergulhem neste universo incrível, que é a metodologia montessoriana.

Fernanda e Cecília.